Simule e contrate

g1

Cidade não notificou mortes nesta quarta-feira (20) e manteve 1.601 óbitos. A Prefeitura de Jundiaí (SP) notificou mais 57 casos positivos de Covid-19 nesta quarta-feira (20). A cidade não registrou novas mortes pela doença e manteve 1.601 óbitos. De acordo com a prefeitura, o número de casos confirmados aumentou para 56.329. Desse total, 54.351 estão recuperadas, 22 estão internadas, sendo duas em UTI. VÍDEOS: assista às reportagens da Tv Tem Veja mais notícias da região em g1 Sorocaba e Jundiaí

José Luiz é suspeito de matar vítima com um tiro na boca. José Luiz de Britto Meira Júnior foi preso em flagrante pela suspeita de matar a namorada, Kezia Stefany da Silva Ribeiro Reprodução/Redes Sociais O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) determinou que o advogado José Luiz de Britto Meira Júnior, suspeito de matar a namorada Kezia Stefany da Silva Ribeiro, de 21 anos, vai cumprir a prisão preventiva, em uma sala no Batalhão de Choque da PM. O local fica em Lauro de Freitas, região metropolitana da capital baiana. APOIO JURÍDICO E PSICOLÓGICO: Serviços gratuitos auxiliam mulheres vítimas de violência O que se sabe e o que falta saber sobre a morte da jovem assassinada por advogado Uso de drogas, proibição de entrada em prédio e violência: Confira depoimentos do caso A decisão foi tomada pelo juiz Paulo César Barbosa de Oliveira, por volta das 18h desta quarta-feira (20). Polêmica da "Sala de Estado-Maior" A Justiça decretou a prisão preventiva de José Luiz. Por ser advogado, ele tem direito de ficar custodiado em uma cela especial, denominada Sala de Estado-Maior. No entanto, a Bahia não dispõe desse tipo de locação. A defesa do suspeito solicitou que ele fosse para a prisão domiciliar. No entanto, a delegada Zaira Pimentel, que investiga o feminicídio, entrou com pedido na Justiça para que José Luiz cumpra a prisão preventiva no Batalhão de Choque da Polícia Militar, que fica em Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador. A solicitação da delegada se baseia no conceito de que Sala de Estado-Maior corresponde a um local com "condições adequadas de higiene e segurança", e não necessariamente uma cela. Ainda no documento, ela cita um relatório do Ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), em que ele afirma que as Salas de Estado-Maior estão em "desuso" e passaram a ser "gradativamente suprimidas", ou seja, extintas. Com isso, as Salas de Estado-Maior se estendem para espaços que tenham instalações consideradas adequadas, independentemente de existência de grades. No documento, a delegada afirma que o Batalhão atende a esse requisito e que, portanto, é possível o recolhimento de José Luiz lá. A partir dessas informações, TJ-BA determinou que a Polícia Militar detalhe as condições da sala indicada, para verificar se ela atende aos requisitos previstos na lei, o que foi feito nesta quarta Feminicídio Kezia Stefany da Silva Ribeiro, de 21 anos, foi morta a tiros pelo namorado em Salvador Reprodução/Redes Sociais O crime aconteceu na madrugada de domingo (17). José Luiz atirou contra a cabeça de Kezia Stefany e a levou, já sem vida, para o Hospital Geral do Estado (HGE). Depois disso, ele fugiu do local e foi preso em flagrante, horas depois, na casa de familiares. EU TE EXPLICO 🎙: 15 anos da lei Maria da Penha e panorama da violência contra mulher FEMINICÍDIOS: Bahia registra mais de 65 casos até setembro de 2021 O casal estava em um relacionamento havia dois anos. Em depoimento, José Luiz alegou que atirou em Kezia em legítima defesa. No entanto, a polícia informou – inicialmente – que essa tese não se sustenta, por causa dos elementos. Essa versão também foi contestada pela família da vítima, durante o velório do corpo de Kezia, na segunda-feira (18). A tia dela, Loide Gusmão, detalhou que o tiro atingiu a boca da jovem. Uma perícia foi feita dentro do apartamento onde o crime aconteceu, mas o laudo ainda não foi divulgado. Possibilidade de afastamento do cargo Kezia Stefany da Silva Ribeiro, de 21 anos, foi morta a tiros pelo namorado em Salvador Reprodução/Redes Sociais O presidente da Comissão de Prerrogativas da Ordem dos Advogados do Brasil, seção Bahia (OAB-BA), Adriano Batista disse que José Luiz poderá ser afastado das atividades, caso seja comprovado criminalmente que se trata de um feminicídio. “Diante das alegações de que ele está dizendo, eu não posso garantir que a gente está diante de um caso de feminicídio. É muito prematuro ainda. Todo mundo tem direito à defesa, quem vai investigar é autoridade policial". "Se ficar caracterizado, ele vai responder e a OAB vai se posicionar também, com um possível afastamento da posição de advogado. Ele poderá responder por processo criminal, poderá responder também pelo afastamento do nosso quadro". Veja mais notícias do estado no g1 Bahia. Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia 💻 Ouça 'Eu Te Explico' 🎙

Grupo CCR que venceu o leilão do Ministério da Infraestrutura assinou o contrato para gerir os aeroportos de Teresina-PI, Goiânia-GO, Palmas-TO, São Luís-MA, Imperatriz-MA e Petrolina-PE. Aeroporto Senador Petrônio Portella, em Teresina Reprodução/TV Clube A Companhia de Participações em Concessões do grupo CCR assinou nesta quarta-feira (20) o contrato de concessão para administrar o aeroporto Petrônio Portela, em Teresina. O terminal aeroportuário foi leiloado em abril junto com os aeroportos de Goiânia (GO), Palmas (TO), São Luís (MA), Imperatriz (MA) e Petrolina (PE). De acordo com o Ministério da Infraestrutura e da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), serão investidos R$ 1,8 bilhão na melhoria da infraestrutura e capacidade operacional nos próximos 30 anos. A concessionária deverá ampliar os terminais de passageiros, construir novas portas de embarque, ampliar pátios de aeronaves, implementar áreas de segurança, entre outros. A assinatura do contrato de concessão ocorreu nesta quarta-feira (20), no Aeroporto Santa Genoveva, em Goiânia (GO). O Grupo CCR formou o consórcio Companhia de Participações em Concessões (CPC) e apresentou a proposta vencedora para o Bloco Central – que reuniu esses aeroportos, em abril, durante a Infra Week. O ágio em relação ao lance mínimo (R$ 8,14 milhões) ficou em 9.156,01%. Os seis aeroportos transportaram em 2019, 7,3 milhões de passageiros e a previsão da Anac é que essa movimentação aumente para 9,5 milhões no primeiro ano de concessão, chegando a 22,5 milhões, nos 30 anos de vigência do contrato. “Nos próximos meses, teremos uma transferência desses ativos da Infraero para a CCR. Sabemos da importância de ver um grupo sólido, com mais de 20 anos no mercado de infraestrutura, consolidando-se como a maior operadora de aeroportos do país. Agora, com esse bloco, serão 17 aeroportos sob a responsabilidade da CCR que vai movimentar 25% de nossos passageiros, 47 milhões de usuários no total”, disse o secretário-executivo do MInfra, Marcelo Sampaio. Pátio de aeronaves do aeroporto de Teresina Arquivo / g1 Piauí Primeira etapa Segundo o contrato, na primeira etapa, a empresa deverá melhorar os padrões operacionais dos terminais, com ações que vão desde reforma de banheiros à oferta de internet gratuita aos viajantes. Depois, nos 36 meses contados a partir da data de eficácia do contrato, a concessionária deve realizar os investimentos específicos em cada aeroporto, além de adequar a infraestrutura atual para a prestação do serviço. A estimativa do governo é que sejam gerados 30 mil empregos nas próximas três décadas. Em Teresina, devem ser investidos cerca de R$ 300 milhões para a melhoria da infraestrutura aeroportuária. Ao vencer três blocos no leilão em abril, o grupo CCR que administrava o aeroporto de Belo Horizonte, em Minas Gerais, vai ser responsável por 17 terminais aéreos, movimentando 25% dos passageiros no país. Fluxo na pandemia em Teresina O aeroporto de Teresina registrou queda de passageiros durante a pandemia, mas de acordo com a Coordenação de Turismo da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC), da Prefeitura de Teresina, com base em dados fornecidos pela Infraero, em maio deste ano já havia tido um crescimento de 35% em relação ao mês anterior. Entre janeiro e abril de 2021, observou-se uma queda de 54% no fluxo de embarcados e desembarcados. A partir de maio constatou-se um crescimento de 35% em relação ao mês anterior, passando de 36.800 para 49.703 passageiros embarcados e desembarcados pelos portões do aeroporto. Em janeiro de 2020, antes da pandemia, o aeroporto registrou a movimentação de quase 120 mil passageiros embarcados e desembarcados. Janeiro, julho e dezembro são os meses que mais registram fluxos. A média nos últimos anos antes da crise sanitária era de 1 milhão de passageiros. Veja as últimas notícias do g1 Piauí VÍDEOS: Assista às notícias mais vistas da Rede Clube

Decisão é desta quarta-feira (20) e teve origem em uma ação movida pela empresa após a gestão municipal anunciar a contratação por 12 meses da Expresso Fênix para o serviço. Justiça impede contratação de nova empresa de ônibus e mantém Praiamar com operadora em Caraguá Divulgação/Prefeitura de Caraguatatuba A Justiça impediu a contratação de uma nova empresa de ônibus anunciada pela Prefeitura de Caraguatatuba (SP) e manteve a operação do serviço pela empresa Praiamar, que já era a atual responsável. A decisão, do juiz Ayrton Vidolin Marques Júnior, é desta quarta-feira (20) e teve origem em uma ação movida pela Praiamar no dia 18, após a gestão municipal anunciar a contratação por 12 meses da Expresso Fênix para o serviço. O contrato era de R$ 29 milhões e processos seletivos para as vagas já estavam em andamento. No texto da liminar (decisão temporária) o magistrado suspendeu o decreto 1.536, do dia 10 de outubro, no qual a prefeitura anulava o contrato de prestação de serviço pela Praiamar. A contratação da Expresso Fênix foi anunciada nesta terça-feira (19). Segundo o juiz, a Prefeitura de Caraguatatuba não fez o procedimento correto, de forma que a Praiamar pudesse ter direito à ampla defesa em um processo administrativo. "Primeiro deve haver um procedimento com comunicação detalhada à concessionária sobre os descumprimentos contratuais, com concessão de prazo para correção e enquadramento. Depois de decorrido o prazo de correção surge o momento em que é possível ser instaurado o processo administrativo de inadimplência, assegurado o direito de ampla defesa", destacou em trecho. O que dizem prefeitura e empresas A Prefeitura de Caraguatatuba informou que vai recorrer da decisão. A empresa Expresso Fênix suspendeu o processo de contratação de funcionários e venda de bilhetagem eletrônica. Já a Praiamar informou que os argumentos usados pela gestão municipal para anular o contrato são "levianos" e que a empresa "lamenta a perseguição política e as ilegalidades praticadas pela prefeitura e reafirma seu compromisso com a população de Caraguatatuba". Intervenção No dia 4 de abril a Prefeitura de Caraguatatuba decretou uma intervenção e assumiu a operação do transporte público na cidade. Segundo a gestão, a empresa descumpriu termos do contrato e estaria fazendo um número menor de viagens. O procedimento chegou a ser prorrogado no dia 4 de outubro, mas ela foi suspensa em uma liminar quatro dias depois. Veja mais notícias do Vale do Paraíba e região bragantina

Acompanhe o GR2 desta quarta-feira (20), com apresentação de Clédiston Ancelmo AO VIVO: Assista ao GR2 Acompanhe o GR2 desta quarta-feira (20), com apresentação de Clédiston Ancelmo

Flagrante da Delegacia de Homicídios ocorreu em operação que apura assassinato o de Kildson Carvalho Rodrigues, de 23 anos, ocorrido em abril. Material apreendido durante a ação da Polícia Civil Polícia Civil/Divulgação A Polícia Civil do Amapá prendeu em flagrante uma pessoa com três armas, porções de drogas, cédulas de R$ 100 e R$ 200 falsas, munições, entre outros objetos ilícitos, em uma área periférica na Zona Norte de Macapá. A prisão ocorreu em operação deflagrada nesta quarta-feira (20) pela Delegacia de Homicídios (Decipe) para investigar o assassinato de Kildson Carvalho Rodrigues, de 23 anos. Ele foi encontrado em 4 de junho decapitado e com mãos e pés amarrados no Ramal de Curiaú Mirim, na Zona Rural da capital. Homem preso com armas, cédulas falsas e drogas na Zona Norte de Macapá Polícia Civil/Divulgação As equipes da Decipe cumpriram pela manhã o mandado de busca e apreensão numa casa no bairro São Lázaro em busca de suspeitos de terem cometido o crime. Entretanto, ao chegarem na residência, os investigados haviam fugido do local. "Já vínhamos numa investigação daquela localidade em que ocorreram alguns homicídios e que apontavam que os indivíduos eram integrantes de uma facção e, hoje pela manhã, através de levantamento de informações, foi pleiteada a busca e apreensão e a prisão em alguns locais lá", detalhou delegado Cézar Ávila, da Decipe. Prisão ocorreu durante força-tarefa da Delegacia de Homicídios Polícia Civil/Divulgação No momento em que as equipes finalizavam as buscas, foram informadas de que havia outra casa com onde um homem apresentava atitude suspeita. Ao se aproximarem da residência, o morador, que não foi identificado, tentou fugir da polícia. Em seguida, a casa foi cercada e ele se entregou. Dentro da residência foram encontrados todos os objetos apreendidos, entre eles, 3 armas - suspeitas de serem usadas em homicídios -, várias porções de drogas e material utilizado para a comercialização de entorpecentes, munições, dinheiro falso e cartões de crédito. Polícia investiga se armas foram utilizas em homicídios Polícia Civil/Divulgação Ávila completa que o homem foi preso em função da posse do material ilícito e não há indícios de que ele tenha envolvimento com a morte de Kildson. "Disseram que ele não era de lá [do local onde foi preso] e não era conhecido na comunidade, então na investigação não aparece [o nome dele]. Agora vamos ver se tem alguma relação dessas armas apreendidas hoje com algum homicídio", completou. O homem detido em flagrante assumiu ser dono do material e negou fazer parte de alguma facção criminosa. Após a prisão, a Polícia Civil encaminhou as cédulas falsas para a Polícia Federal. Cédulas falsas foram encaminhadas a Polícia Federal Polícia Civil/Divulgação Veja o plantão de últimas notícias do G1 Amapá ASSISTA abaixo o que foi destaque no AP:

Programação foi coordenada pela secretaria municipal de Assistência Socvial e reuniu centenas de crianças. Ginásio esportivo do bairro Bela Vista, em Rurópolis, reuniu centenas de crianças no evento "Criança Feliz" Divulgação Crianças do município de Rurópolis, no sudoeste do Pará, viveram um dia de encanto e magia durante o evento "Criança Feliz", realizado pela Secretaria Municipal de Assistência Social juntamente com o Departamento de Cultura da Prefeitura, em alusão ao dia das crianças. O ginásio esportivo do bairro Bela Vista ficou tomado por cerca de 3 mil pessoas entre adultos e crianças. Os pequenos tiveram a oportunidade de brincar, dançar, cantar e rir muito com a apresentação de palhaços. Personagem Minnie encantou os pequenos no evento "Criança Feliz" promovido pela Prefeitura de Rurópolis Divulgação Para a secretária municipal de Finanças, Patrícia Cavichioli, que buscou apoio do empresariado local para a realização do evento, ver o sorriso estampado no rosto de cada criança que participou das brincadeiras, recebeu lanche e um brinquedo, não tem preço. Para a coordenação do evento, o "Criança Feliz" foi além das expectativas. Ao todo foram distribuídos 1500 brinquedos para as crianças presentes. Animação tomou conta de participantes e coordenação do evento "Criança Feliz", em Rurópolis Divulgação VÍDEOS: Mais vistos do g1 Santarém e Região

A intenção é qualificar as equipes para o reordenamento dos serviços de acordo com a Tipificação dos Serviços Socioassistenciais. Capacitação em Divinópolis Prefeitura de Divinópolis/Divulgação As Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) Vila Vicentina e Lar dos Idosos, em Divinópolis, passaram por capacitação na última semana. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (20). A capacitação ocorreu no auditório da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) e contou com participação da equipe técnica e dos cuidadores de ambas as instituições. A intenção é qualificar as equipes para o reordenamento dos serviços de acordo com a Tipificação dos Serviços Socioassistenciais. “A capacitação é apenas o primeiro encontro na construção da política de atendimento ao idoso no município. Poderemos melhorar a rede de atendimento assegurando a qualidade de vida dos cidadãos”, disse a secretária municipal de Assistência Social, Juliana Coelho. A Prefeitura explicou que a capacitação para as equipes é uma das ações dentro do planejamento destinado à melhora na prestação do serviço. "Diante do estudo elaborado pela Semas mediante diagnóstico das instituições do município, o plano de ação para as ILPIs foi construído em associação de secretarias e instituições parceiras". Estiveram presentes na capacitação a secretária da Semas, Juliana Coelho, Maicom Marques, gerente de Proteção Social e Benefícios, e Michele Lopes, referência técnica da Proteção Social Especial. VÍDEOS: veja tudo sobre o Centro-Oeste de Minas

Adutora fica em área de difícil acesso na Área de Proteção Ambiental do Catolé. Não há previsão para que os serviços de reparo sejam concluídos. Abastecimento de água ficou comprometido após rompimento de adutora Reprodução/RPC O rompimento de uma adutora nesta quarta-feira (20) prejudicou o abastecimento de água na parte alta de Maceió. Segundo a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), a adutora fica na Área de Proteção Ambiental (APA) Catolé e ainda não há previsão de que os serviços de reparo sejam concluídos. A Casal comunicou que a vazão está reduzida em 50% do normal, por isso a falta de água é parcial, e que já enviou uma equipe para fazer o conserto. A BRK Ambiental, responsável pelo abastecimento na região, também enviou equipes para auxiliar nos reparos necessários. O abastecimento ficou comprometidos nas seguintes localidades: Cidade Universitária Santos Dumont Clima Bom Tabuleiro dos Martins Santa Lúcia Santa Amélia Conjunto Eustáquio Gomes Conjunto Inocoop Conjunto Medeiros Neto Conjunto Santa Maria Conjunto Colina dos Eucaliptos Moradores da Santa Lúcia e do Tabuleiro já vinham enfrentando falta de água há mais de uma semana. Agora, o rompimento da adutora é mais um problema na rotina das famílias que moram nestes bairros. A Casal disse que o rompimento aconteceu em um trecho de mata fechada na APA, em uma área de difícil acesso, e que foi necessário o apoio e a autorização do Instituto do Meio Ambiente (IMA) e do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA). A adutora de água tratada sai da Estação de Tratamento Aviação em direção ao reservatório no Hospital Universitário (HU). A Casal informou que os trabalhos devem continuar nesta quinta-feira (21) porque, além da área ser de difícil acesso, a adutora tem 5000 milímetros diâmetro e deixa o trabalho mais complexo. VÍDEO: Falta de água é motivo de queixas em Maceió Falta de água na Santa Lúcia, Maceió, tem causado transtornos na região Assista aos vídeos mais recentes do g1 AL Veja mais notícias da região no g1 AL
Projeto, que altera o Código de Trânsito Brasileiro, volta para nova votação na Câmara dos Deputados. Defensores da medida dizem que é necessário combater a apologia a crimes e infrações de trânsito. O Senado aprovou nesta quarta-feira (20) o projeto que prevê a suspensão da carteira do motorista que divulgar em redes sociais qualquer registro visual — vídeo ou imagem — de crimes de trânsito ou de infração que coloque em risco a própria vida e a de terceiros. O texto, que altera o Código de Trânsito Brasileiro, tem origem na Câmara, onde foi aprovado no fim do mês passado. Os senadores fizeram algumas modificações no projeto, que terá de ser novamente analisado pelos deputados. Conforme a proposta aprovada no Senado, "divulgar, publicar ou disseminar, em redes sociais ou em quaisquer outros meios de divulgação digitais, eletrônicos ou impressos, registro visual de infração de circulação que coloque em risco a incolumidade própria e de terceiros, ou de crimes de trânsito" será considerada infração gravíssima e a multa a ser paga será de 10 vezes o valor previsto em lei. Pelo texto, caso o infrator seja o próprio condutor do veículo no qual a infração foi cometida, além da multa, será aplicada a penalidade de suspensão do direito de dirigir por 12 meses. A proposta diz também que a retirada do conteúdo das redes sociais não isenta o infrator das penalidades. O projeto faz ainda uma ressalva para deixar claro que não serão punidas as publicações de terceiros que tenham o objetivo de denunciar infratores, como "forma de utilidade pública". Defensores da proposta dizem que é necessário combater a apologia a crimes e infrações de trânsito e que a divulgação de imagens dessas irregularidades praticadas ao volante nas redes sociais é "inaceitável". "Tem se tornado comum a publicação de vídeos e imagens de manobras perigosas e ‘rachas’ com objetivo de exaltar indivíduos que colocam em risco a vida de outros motoristas e transeuntes, além das suas próprias. A utilização de canais de vídeo e redes sociais para a disseminação desse tipo de conteúdo representa uma afronta inadmissível às autoridades de trânsito", declarou o relator do projeto Fabiano Contarato (Rede-ES). Contarato lembra que punições mais rigorosas são importantes "diante das assombrosas estatísticas de mortos e feridos no trânsito" do Brasil. VÍDEOS: notícias sobre política

Agentes acompanhavam ação de despejo e dispararam o produto, que se disseminou no ar, contra manifestantes; prefeitura disse que caso será investigado pela Corregedoria Geral da GCM. Guarda Civil de São Bernardo do Campo lança gás de pimenta durante protesto A Guarda Civil Municipal (GCM) de São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, disparou gás de pimenta na população que protestava contra uma ação de despejo que aconteceu nesta quarta-feira (20). A desapropriação ocorreu na Rua dos Vianas. Alunos da Escola Municipal de Educação Básica (Emeb) Professora Maria Therezinha Besana passaram mal com a ação, já que o produto se disseminou no ar e atingiu a unidade de ensino, que fica próxima ao local do protesto. Imagens gravadas pelos manifestantes registraram que dezenas de crianças, sentadas em frente à escola, ficaram com dificuldade de respirar. Agentes de saúde em uma ambulância apareceram para fazer o atendimento médico. Crianças passam mal após ação da Guarda Civil de São Bernardo do Campo Reprodução Em nota, a Prefeitura de São Bernardo informou que o uso de munição química durante a operação se fez necessário para "controlar o princípio de tumulto provocado por integrantes de movimentos sociais, que atiraram pedras e pedaços de madeira contra os Guardas Civis Municipais”. “No momento da operação, a cidade foi atingida por forte ventania e alguns alunos da EMEB Profª Maria Therezinha Besana – que fica a cerca de 200 metros do local – chegaram a passar mal. As crianças foram atendidas de imediato por equipes da Prefeitura e no momento passam bem”, completou. A gestão municipal disse, ainda, que o caso será investigado pela Corregedoria Geral da GCM, que irá apurar se houve algum excesso na ação. Manifestantes dizem que ação é ilegal Manifestantes protestam contra ação de despejo promovido pela Prefeitura de São Bernardo do Campo Arquivo pessoal Representantes dos moradores afetados pelo despejo afirmam que a ação é ilegal, já que iria de encontro à lei que suspende despejos durante a pandemia. Alguns deles chegaram a subir em uma escavadeira que fazia a demolição de uma propriedade. “Esses despejos são ilegais, contrariam decisões do Supremo Tribunal Federal, recomendações do Conselho Nacional de Justiça e do Conselho Nacional de Direitos Humanos, além da lei federal”, apontou Ariel de Castro Alves, advogado membro do Instituto Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente e presidente do Grupo Tortura Nunca Mais. “Além disso, os agentes cometeram abusos de autoridade contra moradores e até advogados que estavam no local. Os guardas podem responder por crime de maus-tratos contra as crianças da escola municipal”, assegurou Alves. De acordo com a Prefeitura de São Bernardo do Campo, a remoção de moradias foi autorizada pelo Tribunal de Justiça. “Não houve violação à Lei Federal 14.216/21, uma vez que as remoções visam preservar a vida destes moradores. O local recebe atualmente obras de canalização e melhorias viárias. Segundo relatório elaborado pela Defesa Civil do município, o córrego possui vazão insuficiente para drenagem, podendo ocasionar inundações no período de fortes chuvas, colocando em risco os munícipes que lá se encontram”, diz o comunicado. O Executivo municipal também afirmou que “os moradores serão inseridos no Programa Renda Abrigo, que disponibiliza auxílio pecuniário temporário, até que unidades habitacionais definitivas possam ser ofertadas”. VÍDEOS: Tudo sobre São Paulo e região metropolitana

Segunda edição do projeto promove apresentações gratuitas de grupos de Carimbó e exposições fotográficas. O Carimbó é um dos ritmos apresentados na orla da Estação das Docas Divulgação Na próxima sexta-feira (22), a Estação das Docas apresenta edição especial do projeto Pôr do Som, dentro da programação do Círio na Estação 2021. Os grupos de Carimbó Sabor Marajoara e Mururé farão apresentações gratuitas na orla da Estação das Docas, a partir das 18h30. Com 32 anos de existência e origem no bairro da Pedreira em Belém, o Grupo Sabor Marajora será o primeiro a se apresentar, das 18h30 às 19h30, com um repertório diversificado que contempla grandes sucessos da cultura popular das regiões norte e nordeste. A noite continua com o Grupo Parafolclórico Mururé, que se apresenta de 19h30 as 20h30. O grupo, que atua há 20 anos no folclore paraense, irá o disco ‘Canto do Mururé‘, com dez músicas autorais, que também será disponibilizado em todas as plataformas digitais. Ainda dentro da programação do Círio na Estação, pode ser vista a mostra coletiva “Luz e Fé: a Guarda de Nazaré”, e uma exposição de fotografias de Bob Menezes. A programação pode ser vista até 25 de outubro, nos armazéns 1 e 2 do complexo Estação das Docas. Para entrada e permanência no local é obrigatório o uso de máscara e atenção ao protocolo de segurança sanitária contra a Covid-19. Serviço: 2ª edição do Círio na Estação – Programação 2021 Apresentação Grupos de Carimbó Sabor Marajoara e Mururé Data: sexta-feira, 22 de outubro de 2021 Local: Orla do armazém 2 - Estação das Docas Hora: 18h30 às 20h30 Exposições Bob Menezes e Guarda do Círio Data: até 25 de outubro de 2021. Local: Armazéns 1 e 2 – Estação das Docas Horário para visitação: funcionamento Estação das Docas - aberta todos os dias com redução de 75% da capacidade. Orla segunda e terça – 10h à 00h Quarta – 10h à 01h Quinta, sexta e sábado – 10h às 02h Domingo – 09h à 00h Veja outras notícias do Círio de Nazaré 2021

Durante fiscalização no estabelecimento foram constatados o descarte irregular de materiais perfurocortantes infectados e ausência de licença para funcionamento. Consultório odontológico é interditado pela Vigilância Sanitária em Petrolina Divulgação A Agência Municipal de Vigilância Sanitária de Petrolina (AMVS) interditou um consultório odontológico nesta quarta-feira (20). Durante fiscalização no estabelecimento foram constatados o descarte irregular de materiais perfurocortantes infectados e ausência de licença para funcionamento. De acordo com a AMVS, clínicas, consultórios, hospitais e demais locais que atuam na prestação de serviço à saúde devem seguir as diretrizes sanitárias. Em caso de não cumprimento destas regras, os serviços podem ser multados, interditados ou até mesmo fechados. Outras informações e solicitação de licenciamento podem ser feitas pelos números (87) 3864-2738 e (87) 99190-7667. Em caso de denúncias, o registro pode ser feito através da Ouvidoria Municipal, pelo número 156. Vídeos: mais assistidos do Sertão de PE

Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão em ferros-velhos do município. Além dos presos, foram apreendidos diversos metros de fio de cobre e hidrômetro. Comerciantes são presos suspeitos de comprar materiais furtados na Serra, ES Divulgação/ PCES Três proprietários de ferros-velhos da Serra, na Grande Vitória, foram presos na manhã desta quarta-feira (20), durante a operação “Tarega” da Polícia Civil, Guarda Municipal e equipes de fiscalização da Prefeitura. Durante a operação, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão em ferros-velhos do município, onde foram apreendidos diversos metros de fio de cobre e hidrômetro. Dos quatro endereços onde os mandados foram cumpridos, apenas um no bairro Rosário de Fátima não tinha irregularidades. No bairro Novo Horizonte, foram apreendidos cerca de 100 quilos de cobre e um idoso de 62 anos foi detido. No bairro Jardim Tropical, um homem de 20 anos foi preso e, no estabelecimento, foram apreendidos 50 quilos de fio de cobre e uma caderneta de anotações. Em Jardim Limoeiro, um idoso de 69 anos foi preso. No estabelecimento foram apreendidos 81 hidrômetros, seis partes metálicas de hidrômetros e uma porção de fios de cobre. Dezenas de hidrômetros foram encontrados em ferro-velho da Serra, ES Divulgação/ PCES A operação teve início após denúncias. O delegado Josafá da Silva explicou que o objetivo da operação foi coibir a ação de comerciantes que compram produtos furtados. Os três presos foram encaminhados para delegacia. Os idosos de 63 anos e 69 anos assinaram um Termo Circunstanciado (TC) por receptação culposa e foram liberados para responder em liberdade. Já o homem de 20 anos, foi autuado em flagrante por receptação qualificada e foi encaminhado ao Centro de Triagem de Viana (CTV). Vídeos: tudo sobre o Espírito Santo Veja o plantão de últimas notícias do g1 Espírito Santo

Zezinho Lima (Avante) fez o requerimento nesta terça-feira (19), durante sessão. Especialista aponta que a pandemia ainda não acabou e o uso da máscara é necessário. Vereador de Ananindeua propõe fim do uso obrigatório de máscaras. Reprodução Em sessão ordinária da Câmara de Ananindeua, que ocorreu nesta terça-feira (19), o vereador Zezinho Lima (Avante) apresentou o requerimento que propunha ao prefeito Daniel Santos (MDB) o fim do uso obrigatório de máscaras no município. A proposta foi rejeitada com 17 votos contra, dois a favor e três abstenções. O vereador apontou em seu discurso o quantitativo de cerca de 500 mil doses aplicadas em 60% da população do município. Mas, de acordo com o vacinômetro da Secretaria de Saúde Pública do Pará (Sespa), Ananindeua vacinou 387.118 mil pessoas. Segundo o infectologista Lourival Marsola, o Pará consta com um pouco menos de 40% da população vacinada, longe da meta ideal de imunização — 70%. "Enquanto tiver um vírus circulante, existe o risco de que pessoas, principalmente idosas, com comorbidades ou com imunodeficiências, possam se contagiar, mesmo vacinadas", pontua. Durante a sessão, Zezinho alegou que o requerimento leva em consideração os eventos na cidade, que ocorrem com aglomerações e sem o uso devido de máscaras pelos frequentadores. "Estamos vendo muitos eventos acontecendo em Belém e em Ananindeua. Muitas festas e muitos shows. A maioria, 99% das pessoas, não usa as máscaras, então não tem porquê uns usarem e outros não usarem", falou o político durante discurso. Em conversa com o g1, o vereador também justificou o posicionamento com base em outros municípios do Brasil, como Caxias do Sul, no Rio de Janeiro. Por lá, a prefeitura decretou o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras, mas a Justiça suspendeu a decisão dois dias depois de ter sido promulgada. Além disso, Zezinho não apresentou dados científicos concretos que contemplem Ananindeua em relação a proposta. Para ele, o requerimento representa "uma grande parte da população que não aguenta mais o uso da máscara". Segundo Lourival, com a circulação da variante delta, até as pessoas vacinadas com as duas doses podem se infectar. "A variante delta tem uma capacidade maior de infectividade. Como especialista, eu não entendo essa relutância na discussão sobre a máscara, principalmente nos locais que são compartilhados”, completa. *Sob supervisão de Arthur Sobral. VÍDEOS com as principais notícias do Pará Veja outras notícias do estado no g1 Pará.

O livro Terra D’água Pantanal, de Luciano Candisani, traz um compilado de dez anos de mergulhos, com imagens de jacarés, peixes, fauna e tudo que cerca as águas pantaneiras. Fotógrafo Luciano Candisani mostra um pantanal desconhecido com imagens subaquáticas Luciano Candisani é fotógrafo há mais de duas décadas e apaixonado pelas águas do Pantanal, território que conhece e frequenta desde os 15 anos de idade. E foi por conta de um projeto da revista internacional, National Geographic, que ele começou a desenvolver, ainda em 2010, o livro recém-lançado, Terra D’água Pantanal. “Quando comecei esse projeto para a National, sobre a vida secreta dos jacarés, acabei descobrindo esse fascinante mundo subaquático escondido nas águas do pantanal”, revela em entrevista ao g1. O livro Terra D’água Pantanal traz um compilado de dez anos de mergulhos, com imagens de jacarés, peixes, fauna e tudo que cerca as águas pantaneiras. Os registros na parte sul do bioma foram feitos em Nhecolândia, Corumbá. Imagens subaquáticas do Pantanal de MS Luciano Candisani “Meu trabalho se concentrou basicamente em duas regiões: região do Paiaguás, entre o Rio Taquari e o Rio Paraguai, e a região da Nhecolândia, em Pantanal Sul, principalmente nas vazantes do Castelo e do Mangabal”, conta o fotógrafo. Luciano explica que as belas imagens que registrou, agora eternizadas também no livro, são fruto de um olhar atento e de um vasto conhecimento da região em busca de “águas claras”. “O Pantanal tem águas naturalmente turvas, com sedimentos que não facilitam a visualização da fauna, que é rica. Os cenários são belíssimos, mas a gente não consegue ver. Então, as minhas buscas para as fotos dos jacarés, e consequentemente para revelar esse mundo subaquático, foram uma busca por essas raras janelas de águas claras presentes no Pantanal”. Nascentes Fotógrafo Luciano Candisani mostra um pantanal desconhecido com imagens subaquáticas Luciano Candisani/Arquivo Pessoal A página inicial do livro de Luciano Candisani traz a fotografia de uma nascente. A ideia do profissional é chamar atenção para essa parte da natureza, que não é considerada do bioma, porque fica nas Chapadas, mas tem importância extrema para a manutenção do ecossistema pantaneiro. “Boa parte dos problemas hoje de escassez, assoreamento dos rios, poluição, problemas de hidrelétricas… Isso tudo vem de fora do Pantanal. E o efeito é que chega menos água na planície, mas as ameaças estão exatamente na destruição das nascentes, do mal uso do solo, da expansão indevida de agropecuária nos planaltos; enfim, todas as ameaças que a gente conhece e estão afetando as nascentes e levando a essas consequências dramáticas para o Pantanal. O livro é pra trazer com força essa conexão entre o Pantanal e as nascentes”. R$ 65 mil doados para brigada de incêndio Para Luciano, mais que um registro das águas pantaneiras, o livro Terra D’água Pantanal tem um cunho social. Além de levar as questões sobre preservação do bioma para espaços pouco explorados – há uma exposição com fotos em fine art do livro no Festival Internacional de Arte de São Paulo, a SP-Arte -, o autor decidiu criar uma caixa especial para colecionadores. O valor arrecadado com a venda desse kit está sendo revertido para a Brigada Alto Pantanal, que luta contra os incêndios na região. “Nós fizemos 50 caixas para colecionadores, com livros e prints assinados por mim, que são vendidas pelo valor de R$ 3 mil. Todo esse valor está sendo revertido para a Brigada Alto Pantanal. Já arrecadamos o equivalente a R$ 65 mil que foram para a brigada ”, comenta. O livro Terras D’água Pantanal é um projeto do fotógrafo Luciano Candisani, com patrocínio da iniciativa Documenta Pantanal, e publicado pela editora Vento Leste. Veja mais vídeos de Mato Grosso do Sul:

Demolição, que deve durar cerca de 15 dias, foi determinada após a realização de laudo técnico, divulgado nesta quarta-feira (20) pela Companhia Estadual de Habitação e Obras (Cehab). Incêndio destruiu o Mercado de Artesanato de Itapissuma, no Grande Recife Reprodução/TV Globo A cobertura e parte da estrutura lateral do Mercado de Artesanato de Itapissuma, no Grande Recife, atingidas por um incêndio, no dia 13 de outubro, devem ser demolidas. É o que determina um laudo técnico divulgado nesta quarta-feira (20) pela Companhia Estadual de Habitação e Obras (Cehab). De acordo com o documento, solicitado pela Secretaria Estadual de Turismo e pela prefeitura de Itapissuma, será necessário um prazo de 15 dias para o trabalho de demolição e liberação dos restaurantes, que não tiveram danos estruturais provocados pelo fogo. O trabalho técnico avaliou a estrutura do mercado para a elaboração de um projeto de reconstrução e também a possível reabertura dos restaurantes do espaço conhecido como "Polo da Caldeirada". Ainda de acordo com o laudo, foi recomendado que a prefeitura mantenha interditada a Rua J Gonçalves até a conclusão da demolição da cobertura do mercado. Até esta quarta, tinham sido identificadas 173 pessoas que trabalhavam na área e foram afetadas. Entre elas, estão artesãos, pessoas que tinham atividades dentro do mercado, donos dos boxes e vendedores ambulantes. Todos começaram a receber um auxílio financeiro. Entenda o caso Incêndio atingiu Mercado de Artesanato de Itapissuma Um incêndio atingiu o Mercado de Artesanato de Itapissuma e o bar Praça do Vinil, que ficam na Rua José Gonçalves, ao lado do "Polo da Caldeirada", na tarde de 13 de outubro. Imagens enviadas ao WhatsApp da TV Globo mostram chamas e fumaça no local (veja vídeo acima). Ninguém ficou ferido. Por nota, a prefeitura de Itapissuma informou que o incêndio destruiu toda a área do mercado e comprometeu a estrutura do "Polo da Caldeirada", que é considerado o principal ponto turístico da cidade e precisou ser interditado pela Defesa Civil. Mercado de Artesanato Inaugurado em 2018, o Mercado de Artesanato de Itapissuma passou um período fechado por causa da pandemia da Covid-19 e reabriu no dia 15 de agosto deste ano. O espaço tinha revestimento de vidro, era todo climatizado e decorado com materiais artesanais. A TV Globo mostrou em setembro produtos exibidos no Mercado de Artesanato A TV Globo mostrou, no dia 10 de setembro deste ano, a reabertura do espaço, com alguns dos produtos feitos por 20 artesãos. Na entrada, o visitante encontrava um mapa de Pernambuco feito com sobras de madeiras. Dentro, havia roupas e acessórios em crochê, colares e brincos produzidos com metal e cortinas e mensageiros do vento feitos com conchas do mar (veja vídeo acima). VÍDEOS: Mais assistidos de Pernambuco nos últimos 7 dias

Informação foi confirmada pela Secretaria de Estado da Saúde. Laboratório Central de Saúde Pública de Sergipe (Lacen) SS/Divulgação/Arquivo Nesta quarta-feira (20), Sergipe registrou um morte e mais 14 casos de Covid-19, de acordo com o boletim publicado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). Mapa: mortes e casos pela Covid-19 em Sergipe Desde o início da pandemia, em março do ano passado, foram 278.377 casos e 6.024 mortes causadas pelo novo coronavírus. A taxa de letalidade no estado é de 2,2%, a taxa de mortalidade é de 262,1 por 100 mil habitantes, e a de incidência é de 12.110,2 a cada 100 mil habitantes.

Capital também vacina moradores acima de 18 anos, sem agendamento. 2ª dose segue sendo aplicada; veja locais. Goiânia continua vacinação contra a Covid Divulgação/Prefeitura de Goiânia A Prefeitura de Goiânia continua a vacinação contra a Covid-19 para adolescentes de 12 a 17 anos via agendamento em um dos 14 postos disponíveis nesta quinta-feira (21). Também segue a aplicação da dose de reforço para imunossupridos, pessoas com baixa imunidade, que tenham acima de 18 anos. Segundo a prefeitura, para receber o reforço o grupo precisa ter tomado a 2ª dose há 28 dias. Já os idosos com 60 anos ou mais, que receberam a segunda aplicação até 21 de abril, também podem receber o reforço. O atendimento para os dois públicos acontece em 22 pontos, além do drivre-thru do Shopping Passeio das Águas, sem a necessidade de agendamento (veja locais abaixo). Trabalhadores da saúde que tomaram a segunda dose há mais de seis meses, ou seja, até o dia 21 de abril também podem receber o reforço. No entanto, é necessário fazer o agendamento pelo aplicativo Prefeitura 24 horas ou no site do município. A aplicação da primeira dose para os maiores de 18 anos também continua nas 51 salas de vacinação da capital, assim como a segunda da CoronaVac, que é aplicada nos mesmos locais para pessoas com a data marcada para o dia 21 de outubro. A segunda dose da Pfizer, AstraZeneca e da CoronaVac também é fornecida em 13 pontos de vacinação para quem está com a data marcada para o dia 21 de outubro, sem a necessidade de agendamento. Quem vai tomar a Pfizer pode procurar o drive-thru do Shopping Passeio das Águas. O Centro Municipal de Vacinação segue sendo referência no atendimento de gestantes e puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto). Documentos necessários 1ª dose: apresentar um documento com foto, CPF, comprovante de endereço e, se necessário, documento que comprove comorbidade ou deficiência. 2ª dose ou dose de reforço: apenas o cartão de vacinação e um documento original com foto. Quem pode se vacinar Idosos acima de 60 anos que já receberam a segunda dose há seis meses; Imunossuprimidos com idade acima de 18 anos que tomaram a 2ª dose há mais de 28 dias; Trabalhadores da saúde que já receberam a segunda dose há seis meses; Idosos moradores das instituições de longa permanência; Adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades ou deficiência; Moradores fora do grupo prioritário a partir de 12 anos; Segunda dose das vacinas Astrazeneca, Coronavac e Pfizer; Gestantes e puérperas. Locais de vacinação - 1ª dose Adolescentes de 12 a 17 anos Modalidade pedestre, das 8h às 17h, com agendamento. USF Residencial Itaipu: Rua RI 37 esq. com RI 8 e RI 9, Residencial Itaipu USF Parque Santa Rita: Av. Americano do Brasil s/nº quadra 02 lote 06 Parque Santa Rita USF Novo Planalto: Rua Vm Três E quadra 95 – St. Novo Planalto USF Vila Mutirão: Av. do Povo quadra D Vila Mutirão Centro de Referência em Atenção à Saúde da Pessoa Idosa (Craspi): Av. Armando de Godói, 326 – Cidade Jardim Ciams Urias Magalhães: Rua Guajajara Entre Ruas Caritos Madeiras E Paranaíba S/n, Setor Urias Magalhães USF São Judas Tadeu: Avenida Brasília quadra 30 s/nº Setor São Judas Tadeu CS Parque Industrial João Braz: Rua Rodrigues Alves esq. com Rua Olímpia quadra 52 lts.14 e 15 Pq. Industrial USF São Francisco: Avenida das Palmeira quadra 89 lote 10 bairro São Francisco USF Jardim do Cerrado IV: R. Pingo de Ouro, s/n – Jardim do Cerrado 4, Goiânia – GO, 74000-000 USF Vila Regina: Rua São Miguel quadra 28 lote 01 a 03 Vila Regina USF Ville de France: Rua Pires Figueiredo quadra 04 lote 03 Residencial Ville de France USF Santo Hilário: Rua Juscelino da Fonseca Ribeiro quadra 14 lote 09 Bairro Santo Hilário CS Parque Amazônia: Praça José Rodrigues de Morais Neto, s/n, Parque Amazônia Pessoas acima de 18 anos e 2ª dose da CoronaVac Modalidade pedestre, das 8h às 17h, sem agendamento. Cais Campinas: Endereço: Rua P-30 esquina com Rua P-26 – Setor dos Funcionários (Praça de Esportes) Cais Deputado João Natal: Endereço: Av. Industrial Qd. D-13 Lt. 16 e 17 - Setor Vila Nova (próximo ao posto Juliana) Centro de Saúde Norte Ferroviário: Endereço: Rua 05-A Qd. A-01 Lt.14 - Setor Norte Ferroviário Centro de Saúde Vila Canaã: Endereço: Rua Langendoeffer Qd. 01 Lt. 01 S/N - Vila Canaã Centro de Saúde Vila Moraes: Endereço: Rua 09-A Qd.12 Lt. 11 - Vila Moraes Centro de Saúde da Fama: Endereço: Rua 10 Nº 76 - Setor Marechal Rondon USF Vila Santa Helena: Endereço: Rua 21, Qd 01 Lt 22 e 23, Vila Santa Helena CS Marinho Lemos (Negrão de Lima): Endereço: Av. Armando de Godoy Qd.29 Lts. 06 e 07 - Setor Negrão de Lima Cais Parque Amendoeiras: Av. Francisco Ludovico de Almeida Qd.24 S/N - Setor Parque das Amendoeiras Centro de Saúde "Dr. Afonso Honorato da Silva e Souza" Vila Água Branca: Rua 01 Qd.E Lt.08 - Setor Água Branca USF Aruanã III: Rua Urucara Qd. 03 Lt. 11, Conjunto Aruanã III USF - Parque Atheneu: Avenida Parque Atheneu, Lt(s) 16 e 18 unid. 201, Parque Atheneu USF Dom Fernando: Rua 218 esquina com Rua 217, Qd.30 - Jardim Dom Fernando II USF Novo Planalto: Rua Vm Três E quadra 95 – St. Novo Planalto USF Boa Vista: Av. DosIpês quadra 02 lote area bairro Boa Vista USF Finsocial: Rua VF- 64 Qd.49 - Setor Finsocial Cais Setor Cândida de Morais: Av. Perimetral Norte esquina com MB 08 Qd. 09-B Lt. 01 S/Nº - Setor Cândida de Morais USF Jardim Primavera: Rua CP - 38 Qd. 47, Lt 1 a 3 Jardim Primavera USF Estrela D´alva: Rua 16 de maio Qd.4-B Lt.32, Setor Estrela Dalva USF Alto do Vale: Endereço: Rua VF-9 com Rua Samir, Qd.área s/n, Setor Alto do Vale, região Noroeste de Goiânia USF São Carlos: Endereço: Rua SC25 quadra 28 lote 08 bairro São Carlos Centro de Saúde Jardim Vila Boa: Endereço: Rua Almirante Barroso esquina com Rua Castro Alves S/Nº - Vila Boa Centro de Saúde "José do Egídio Martins" - Vila União: Rua U-47 S/Nº - Vila União Centro de Saúde Vila Mauá: Endereço: Av. das Bandeiras Qd. 35 Lts. 11 e 12 - Vila Mauá USF Andréia Cristina: Avenida Blumenau Qd. 28 Lt. 176, Setor Andréia Cristina USF Condomínio das Esmeraldas: Rua 17 s/nº Qd. 39 Lt.04 - Condomínios das Esmeraldas I USF Madre Germana: Av. José Barbosa Dos Reis, Esq. Com Rua Jarina Qd. 53 Lt. 01, Madre Germana II USF Jardim Caravelas: Rua JCA 12, s/n quadra 07, Lote 15 - Jardim Caravelas - Goiânia – GO USF Eli Forte: Rua EF 30, Qd. 27, Lote 20 - Residencial Eli Forte, Goiânia - GO, 74371-096 USF Real Conquista: R. RC. 51 c/ RC 17 c/ RC 18, Residencial Real Conquista USF Santa Rita: Av. Americano do Brasil s/n° quadra 02 lote 06 Parque Santa Rita Centro de Saúde Jd. Balneário M. Ponte: Rua dos Paranaenses, esquina com Rua dos Gaúchos Qd. F-7 Nº 733 - Jd. Balneário Meia Ponte Centro de Saúde Vila Clemente: Rua dos Tamoios, Qd 06, Lt 03 e 04, Vila Clemente Centro de Saúde "Benedito Dos Santos Vieira" Setor Perim: Av. Perim Qd.12 Lt.14 - Setor Perim USF Cachoeira Dourada: Rua Cachoeira Dourada Qd. 86 Lt. 08 - Jd. Guanabara I USF Conjunto Itatiaia: Rua R-12 Qd. 11 s/nº, Conj. Itatiaia I USF Vale dos Sonhos: Rua Maria de Jesus Qd 56 Lt 12, Residencial Vale dos Sonhos USF São Judas Tadeu: Avenida Brasília quadra 30 s/n setor São Judas Tadeu USF Antonio Carlos Pires: Rua ACP4 APM 6 setor Antonio Carlos Pires Cais Bairro Goiá: Av. Santa Maria S/N Chácara Santa Rita - Bairro Goiá USF Buena Vista: Rua João Amoreles Quadra Apm II Lote Zero, Residencial Buena Vista I USF Vila Regina: Rua São Miguel quadra 28 lote 01 a 03 Vila Regina USF Residencial Goiânia Viva: Rua GV 17 - A Qd. 46, Casa da Chácara Taquaral, Reserva Ecológica do Residencial Goiânia Viva USF Parque Eldorado Oeste: Rua ELO22 quadra 22 lote 35 Parque Eldorado Oeste USF Parque dos buritis: Endereço: Rua Rosimira Marques s/n° Parque dos Buritis USF Parque Vera Cruz I: Rua Eunice Weaver qd. 32-T 1 a Etapa, conjunto Vera Cruz I USF JD Cerrado VI: Rua JC 202 com 204, Área Pública Municipal 03, Jd Cerrado VI USF Jd Cerrado IV: Rua Pingo De Ouro - Jardim Cerrado 4 CS Parque Industrial João Braz: Rua Rodrigues Alves esq. com Rua Olímpia quadra 52 lotes 14 e 15 Parque Industrial USF São Francisco: Avenida das Palmeiras quadra 89 lote 10 Bairro São francisco USF Parque Vera Cruz II: : Av. Leopoldo de Bulhões, s/n° Conjunto Vera Cruz Primeira e segunda dose de gestantes e puérperas Modalidade pedestre, das 8h às 17h, sem agendamento. Centro Municipal de Vacinação (CMV): Av. Edmundo P. de Abreu, s/n – St. Pedro Ludovico. Locais de vacinação - 2ª dose Segunda dose da vacina Pfizer com data marcada para os dias 21 de outubro e em atraso Sem agendamento. A partir das 8h, com distribuição de senhas Drive-thru: Shopping Passeio das Águas Segunda dose da vacina Pfizer, Astrazeneca e CoronaVac para pessoas com data marcada para os dias 21 de outubro e em atraso Sem agendamento, pedestre, das 8h às 17h. Exceto na Área I da PUC que funciona até às 16h. Atendimento por ordem alfabética. Ciams Novo Horizonte: Rua, Av. Eng. José Martins Filho, s/n – Vila Novo Horizonte USF Brisas da Mata: Rua BM10 Quadra 21 Lote 62 Residencial Brisas da Mata USF Jardim Curitiba I: Rua JC22 Area Verde Jardim Curitiba II USF Criméia Oeste: Av. Domingos Lemos do Prado, 32 – St. Crimeia Oeste Área I da PUC: Rua 235, 722 – Setor Leste Universitário CS Cidade Jardim: Praça Abel Coimbra, 350 – Cidade Jardim. Salão Comunitário Jesus Bom Pastor: Rua Porto Alegre (ao lado da USF Jardim Guanabara I) USF Vera Cruz II: Av. Leopoldo de Bulhões, s/n, Conj. Vera Cruz II Sest/ Senat: Av. Castelo Branco, s/n, São Francisco UPA Dr. Paulo de Siqueira Garcia: Rua DF-02 c/ Rua DF-18, Lt 14, Chácara do Governador UPA Novo Mundo: Avenida New York, 667-569 – Jardim Novo Mundo USF Recanto das Minas Gerais: USF Recanto das Minas Gerais Militão R. de Araújo: Rua Sienna, APM-1, Jardim Maria Helena Clube da Caixa Econômica / APCEF-GO: Av. T-1, 1155, quadra 53, Setor Bueno Dose de reforço Terceira dose de idosos a partir de 60 anos com 6 meses de intervalo da segunda dose e imunossuprimidos com 18 anos ou mais com 28 dias de intervalo da segunda dose USF Residencial Itaipu: Rua RI 37 esq. com RI 8 e RI 9, Residencial Itaipu Ciams Novo Horizonte: Rua, Av. Eng. José Martins Filho, s/n – Vila Novo Horizonte USF Parque Santa Rita: Av. Americano do brasil s/nº quadra 02 lote 06 Parque Santa Rita USF Novo Planalto: Rua Vm Três E quadra 95 – St. Novo Planalto USF Brisas da Mata: Rua BM10 Quadra 21 Lote 62 Residencial Brisas da Mata USF Jardim Curitiba I: Rua JC22 Area Verde Jardim Curitiba I CS Jardim Michele Muniz do Carmo: Praça Abel Coimbra, 350 – Cidade Jardim Área I da PUC: Rua 235, 722 – Setor Leste Universitário USF Criméia Oeste: Av. Domingos Lemos do Prado, 32 – St. Crimeia Oeste Salão Comunitário Jesus Bom Pastor: Rua Porto Alegre (ao lado da USF Jardim Guanabara I) Ciams Urias Magalhães: Rua Guajajara Entre Ruas Caritos Madeiras E Paranaíba S/n, Setor Urias Magalhães CS Parque Industrial João Braz: Rua Rodrigues Alves esq. com Rua Olímpia quadra 52 lts.14 e 15 Pq. Industrial USF São Francisco: Avenida das Palmeira quadra 89 lote 10 bairro São Francisco USF Jardim do Cerrado IV: R. Pingo de Ouro, s/n – Jardim do Cerrado 4, Goiânia – GO, 74000-000 USF Vera Cruz II: Av. Leopoldo de Bulhões, s/n, Conj. Vera Cruz II Sest/ Senat: Av. Castelo Branco, s/n, São Francisco UPA Novo Mundo: Avenida New York, 667-569 – Jardim Novo Mundo UPA Dr. Paulo de Siqueira Garcia: Rua DF-02 c/ Rua DF-18, Lt 14, Chácara do Governador USF Recanto das Minas Gerais: USF Recanto das Minas Gerais Militão R. de Araújo: Rua Sienna, APM-1, Jardim Maria Helena USF Ville de France: Rua Pires Figueiredo quadra 04 lote 03 Residencial Ville de France Clube da Caixa Econômica / APCEF-GO: Av. T-1, 1155, quadra 53, Setor Bueno Veja outras notícias da região no g1 Goiás. VÍDEOS: coronavírus em Goiás

Assista pela internet diariamente, a partir das 19h, ao telejornal da EPTV. EPTV 2 Ribeirão e Franca ao vivo Assista pela internet diariamente, a partir das 19h, ao telejornal da EPTV.

O motorista foi preso e levado, juntamente com o veículo, para a uma unidade da Polícia Civil, que vai continuar as investigações. Carro roubado e com placas clonadas foi apreendido pela PRF em Itaitinga. PRF/Divulgação Um carro roubado em 2016 foi recuperado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na manhã desta terça-feira (19) em Itaitinga, município da Região Metropolitana de Fortaleza. O veículo estava com placas clonadas. O motorista foi preso em flagrante. Agentes da PRF faziam fiscalização no quilômetro 20 da rodovia federal BR-116, quando abordaram um veículo Hyundai HB20 de cor branca para averiguação. Foram feitas consultas aos sistemas da PRF, onde ficou constatada a presença de indícios de adulteração no veículo. LEIA TAMBÉM: Delegada negra barrada na Zara: o que se sabe e o que falta saber sobre caso em loja de Fortaleza Mulher que pega comida em caminhão de lixo diz recolher carne 'verde' para comer em caçamba cheia de sujeira e lama Ainda durante os procedimentos de identificação veicular, os agentes constataram que o carro abordado tratava-se de um outro HB20 cadastrado com ocorrência de roubo datada em abril de 2019, em Salvador, na Bahia. A placa estava clonada. O motorista foi preso e levado, junto ao veículo, para uma unidade da Polícia Civil, que vai continuar as investigações. Assista às notícias do Ceará no g1 em 1 Minuto:
Situação acontece nesta quarta-feira (20). Uma situação com reféns acontece nesta quarta-feira (20) em um imóvel no bairro do Engenho Velho de Brotas, em Salvador. A informação foi confirmada pela 26ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), no entanto, não há detalhes de quantas pessoas estão no local. Policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) estão no local para negociar a liberação dos reféns com segurança. Reportagem em atualização Veja mais notícias do estado no g1 Bahia. Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia 💻 Ouça 'Eu Te Explico' 🎙

Na comparação com os dados divulgados nessa terça (19), o aumento foi de oito mortes e 951 novos casos da doença. Modelo 3D do Sars-Cov-2, o coroavírus Reprodução/Visual Science O Espírito Santo registrou, até esta quarta-feira (20), 12.796 mortes por Covid-19. O número de casos confirmados chegou a 600.945. O índice de letalidade da doença no estado é de 2,1%. Os dados foram divulgados na plataforma Painel Covid-19, do governo do estado. As novas confirmações não significam, necessariamente, que as mortes e casos aconteceram de um dia para o outro, mas que foram contabilizadas no sistema neste período. Na comparação com os dados divulgados nesta terça (19), o aumento foi de oito mortes e 951 novos casos da doença. Vale ressaltar que a confirmação de casos é lançada no sistema utilizado pelo Governo do ES no dia referente à coleta da amostra do paciente, enquanto a divulgação para o público externo ocorre apenas no dia que sai o resultado positivo para a doença. O sistema usado pelo Espírito Santo para atualizar os números também contabiliza pacientes residentes em outros estados que fizeram a testagem em cidades capixabas. Leitos Em todo o Espírito Santo, a taxa de ocupação dos leitos de UTI destinados a pacientes com Covid-19 aumentou para 76,05%. VÍDEOS: tudo sobre o Espírito Santo Initial plugin text Veja o plantão de últimas notícias do g1 Espírito Santo

Secretaria de Urbanismo de Praia Grande informou que obra já estava embargada pela pasta. Dois trabalhadores morreram e um ficou em estado grave. Parte de trás do supermercado onde trabalhadores executavam serviços no momento do acidente Reprodução/Praia Grande Mil Grau A obra onde dois trabalhadores morreram após caírem de uma altura de cerca de 8 metros deveria estar paralisada, por não ter a devida autorização, segundo a Prefeitura de Praia Grande, no litoral de São Paulo. O acidente aconteceu nesta quarta-feira (20), e uma terceira vítima ficou gravemente ferida, seguindo internada. O acidente ocorreu em uma obra no terreno dos fundos de um supermercado na Avenida Presidente Kennedy, por volta das 11h. Os trabalhadores estavam construindo o telhado de um supermercado quando a estrutura cedeu. Segundo um dos responsáveis, eles se recusaram a usar equipamentos de segurança. Acidente deixou dois trabalhadores mortos e um gravemente ferido Reprodução/Praia Grande Mil Grau Em nota divulgada nesta quarta, a prefeitura informou, por meio da Secretaria de Urbanismo (Seurb), que a obra já estava embargada pela pasta. Entretanto, o proprietário continuou, mesmo sem autorização. A administração informa que a documentação referente à aprovação estava em fase de análise, dentro do prazo legal, e a obra não deveria acontecer nesse período. Após o acidente, a fiscalização da secretaria efetuou novo auto de embargo e autuação por obra clandestina, no valor de R$ 4.580,53. O g1 procurou o supermercado responsável pela obra, mas não obteve retorno até a última atualização desta reportagem. Trabalhadores caíram de obra em Praia Grande, SP Vanessa Rodrigues/Jornal A Tribuna Acidente A queda ocorreu no terreno que fica nos fundos do supermercado MDV, na Avenida Presidente Kennedy. No local, os operários de uma empresa terceirizada trabalhavam em uma estrutura para expansão do mercado. Por volta das 11h, eles estavam construindo o telhado, colocando vigas, quando parte da placa desabou. Por telefone, um representante da empresa HD Pré-Moldados, responsável pelos trabalhos, informou que uma viga saiu do lugar, e a estrutura onde estavam os funcionários cedeu. Os três caíram cerca de 8 metros até o chão. Supermercado onde três funcionários caíram fica em Praia Grande, SP Reprodução/Praia Grande Mil Grau Além disso, uma placa de concreto pré-moldado também caiu, atingindo dois dos trabalhadores que já estavam no chão. Segundo ele, os três trabalhadores teriam se recusado a usar os equipamentos de segurança durante os serviços. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e constatou o óbito dos trabalhadores no local. Um terceiro trabalhador ficou gravemente ferido e foi levado ao Hospital Irmã Dulce. Segundo a prefeitura, ainda não há atualizações sobre o estado de saúde dele. O Corpo de Bombeiros também esteve presente e auxiliou no resgate das vítimas. VÍDEOS: As notícias mais vistas do G1

Assista diariamente ao telejornal da EPTV pela internet. Assista ao EPTV 2 Campinas Assista diariamente ao telejornal da EPTV pela internet.

Se consideramos que a população da maior cidade do Norte de Minas Gerais tem 417.478 pessoas, segundo dados do IBGE, é possível afirmar que 47,46% dos habitantes já receberam as duas doses ou a dose única contra a Covid-19. Aplicação da vacina contra a Covid-19 Divulgação Montes Claros tem 198.157 moradores imunizados no dia em que o Brasil chega a 50% da população totalmente vacinada. A marca foi atingida nesta quarta-feira (20). PANDEMIA: Brasil chega a 50% da população totalmente imunizada contra Covid Ainda nesta quarta, Minas Gerais passa de 10 milhões de pessoas com esquema vacinal completo, o número de pessoas imunizadas corresponde a 49,6% da população total do estado. Veja a situação por estado no gráfico abaixo. Mais sobre a vacinação em Montes Claros Se consideramos que a população da maior cidade do Norte de Minas Gerais tem 417.478 pessoas, segundo dados do Instituto de Geografia e Estatística (IBGE), é possível afirmar que 47,46% dos habitantes já receberam as duas doses ou a dose única contra a Covid-19, ou seja, são considerados totalmente imunizados. Segundo dados do boletim epidemiológico da Prefeitura, Montes Claros já recebeu 575.525 doses, sendo que foram aplicadas: 1ª dose: 296.582 2ª dose: 190.158 Dose única: 7.999 Dose de reforço: 6.857 COVID-19: Entenda a importância de tomar a segunda dose da vacina O g1 entrou em contato com a Prefeitura para saber quantas pessoas estão com a segunda dose em atraso. O município informou que esse levantamento é feito às sextas-feiras, sendo que na última semana, aproximadamente 10 mil moradores estavam nessa situação. A última faixa etária incluída no público-alvo de vacinação contra a Covid-19 foi a de adolescentes de 12 a 17 anos sem comorbidades. CORONAVÍRUS: Prefeitura responde 5 dúvidas sobre a vacinação de adolescentes em Montes Claros Situação da Covid-19 na cidade O boletim desta quarta aponta que 35 novos casos de Covid-19 foram confirmados nas últimas 24h, aumentando para 43.381 o número de pessoas que testaram positivo. O número de mortes chega a 977. Vídeos do Norte, Centro e Noroeste de MG Veja mais notícias da região em G1 Grande Minas.

Animal foi levado para uma clínica veterinária de Itapeva (SP) e ficou sob os cuidados de profissionais. Polícia Ambiental resgata filhote de lobo-guará às margens de rodovia em Itapeva Polícia Ambiental/Divulgação A Polícia Militar Ambiental resgatou um filhote de lobo-guará na Rodovia Francisco Alves Negrão (SP-258), em Itapeva (SP). Segundo a corporação, a equipe foi acionada por um morador que encontrou o animal às margens da pista na manhã de terça-feira (19). Como o lobo é filhote, a polícia informou que tentou procurar a mãe do animal nas proximidades, mas ela não foi encontrada. Por isso, ele foi levado até uma clínica veterinária da cidade que presta serviços para a prefeitura de Itapeva. "Aí ele foi submetido a vários exames, fizeram a hidratação e verificaram se estava tudo em ordem. Como ele é filhote, ainda é muito dependente e precisa de aleitamento, então ficou sob os cuidados dos médicos veterinários", explica o sargento Luiz Américo Gomes. Ainda conforme a PM, assim que o lobo-guará estiver em condições, as equipes vão analisar se ele será devolvido ao seu habitat natural ou encaminhado para algum centro de reabilitação de animais silvestres. Animal foi levado para uma clínica veterinária de Itapeva (SP) Polícia Ambiental/Divulgação De acordo com o sargento, o lobo-guará é um animal típico do cerrado que está em risco de extinção, o que torna a atitude do morador que acionou a polícia ainda mais importante. "Quanto mais desmatamento, mais ele vai sofrer, e o alimento está sendo escasso para eles na natureza. É muito comum a gente encontrar esses animais em fazendas, pequenas propriedades rurais, e eles vêm para perto dos humanos em busca de alimento", completa o sargento. Em caso de dúvidas em relação a animais silvestres, os moradores podem entrar em contato com a base da Polícia Militar Ambiental por meio do telefone (15) 3522-0115. Veja mais notícias no g1 Itapetininga e Região VÍDEOS: assista às notícias da Tv Tem

Com a forte chuva da noite de terça-feira (19) o asfalto cedeu e a cratera foi formada na avenida Belém. Funcionários da Copasa trabalhavam no local. Cratera 'engole' parte de avenida, no bairro Pompéia em BH Manoela Borges/ TV Globo Uma cratera foi formada, no meio da avenida Belém, na altura do bairro Pompeia, na Região Leste de Belo Horizonte, durante a chuva que atingiu a cidade na noite desta terça-feira (19). Segundo a prefeitura, o excesso de água teria afetado a rede de esgoto que acabou cedendo. O asfalto começou a afundar e logo depois esta cratera surgiu. Às 17h, funcionários da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) estavam no local para refazer o trecho. Neste mesmo horário, as duas pistas estavam interditadas. O trânsito foi desviado para outras ruas do bairro. A obra deve ser concluída até o este sábado (23). Cratera 'engole' parte de avenida, no bairro Pompéia em BH Manoela Borges/ TV Globo Cratera 'engole' parte de avenida, no bairro Pompéia em BH Manoela Borges/ TV Globo Vídeos mais vistos no g1 Minas nesta semana:

A agência reguladora norte-americana (FDA, sigla em inglês) autorizou o "mix de vacinas" para a aplicação de doses de reforço contra a Covid-19. A prática é conhecida ainda como "intercambialidade" ou "vacinação heteróloga". A FDA também autorizou uma nova dose para as pessoas vacinadas com o imunizante da Janssen contra a Covid-19. A vacina, desenvolvida pela braço de vacinas da farmacêutica americana Johnson & Johnson, é aplicado em regime de dose única. As orientações foram divulgadas nesta quarta-feira (20) e confirmam as recomendações divulgadas por um comitê independente na sexta-feira. No Brasil, o mix de vacinas já é adotado. Entretanto, a dose de reforço da Janssen ainda não foi definida para os brasileiros. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) diz ter solicitado à fabricante dados de estudos sobre o tema. Vacina da Janssen: 12 pontos sobre eficácia, variantes, reações e validade do imunizante UFMG vai testar aplicação de dose de reforço da Janssen Reforço no Brasil O imunizante da Janssen é o único em uso no Brasil que é administrado em apenas uma dose. Ele tem autorização para uso emergencial, aprovado em março. No mesmo mês, o Ministério da Saúde fechou um acordo com a Janssen para a compra de 38 milhões de doses da vacina. Em agosto, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) pediu que a farmacêutica informasse os dados de estudos sobre o reforço ou revacinação do seu imunizante. Vacina Janssen da Johnson e Johnson Reprodução/Janssen O objetivo, segundo a Anvisa, era de antecipar informações que permitam avaliar o cenário em torno da necessidade ou não de doses adicionais das vacinas em uso no Brasil. Em nota, a agência informou ao g1 que está em andamento um estudo sobre a necessidade de dose extra do imunizante e que, até o momento, a Janssen não solicitou a inclusão na bula de indicação de dose de reforço "Até o momento não há solicitação do laboratório para avaliação e inclusão na bula de indicação de dose de reforço. A indicação em bula depende da apresentação de dados que sustentem a necessidade e eficácia desta dose adicional", informou a Anvisa. Até o fim desta quinta, 4,68 milhões de pessoas foram vacinadas com o imunizante da Janssen no país e novas entregas estão previstas para acontecer em novembro e dezembro. Vacinação com doses da Janssen em Campinas Carlos Bassan No país, a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) vai começar a testar a aplicação da dose de reforço da Janssen a partir de novembro. A instituição participou dos testes da vacina com dose única e contou com 470 voluntários. Agora, os participantes tomarão a nova dose e serão monitorados até o fim de 2022. 'Reforço aumenta proteção' Em setembro, a farmacêutica divulgou resultados de um estudo interno em que, segundo eles, a segunda dose da Janssen aumentou a eficácia para 94% contra as formas moderadas e graves da doença. Os dados ainda não foram revisados ​​por pares, mas serão submetidos para publicação nos próximos meses. Segundo a empresa, o reforço administrado dois meses após a primeira dose aumentou os níveis de anticorpos de quatro a seis vezes. Quando administrado seis meses após a primeira dose, os níveis de anticorpos aumentaram doze vezes, sugerindo uma grande melhora na proteção com o intervalo mais longo entre as doses.
Saiba quais grupos podem receber a primeira, segunda e a dose de reforço da vacina e os locais de atendimento. Pinheiral (RJ) divulgou um novo calendário de vacinação contra a Covid-19. A etapa teve início nesta quarta-feira (20). A prefeitura não deu detalhes sobre o término da campanha. Confira os locais de atendimento e os públicos que podem receber a vacina: Primeira Dose Adolescentes de 12 a 17 anos Repescagem para maiores de 18 anos Segunda Dose Moradores agendados Dose de reforço Idosos a partir de 60 anos Profissionais da saúde vacinados há mais de 6 meses Local e horário da vacinação A vacinação acontece das 9h às 16h, nas Unidades de Saúde dos bairros. Segundo a prefeitura, algumas unidades vão funcionar em horário estendido ao longo da semana, das 9h às 19h. Confira: Segunda-feira Unidade de Saúde Parque Maíra Terça-feira Unidade de Saúde Centro Unidade de Saúde Bela Vista Quarta-feira Unidade de Saúde Palmeiras Unidade de Saúde Três Poços Unidade de Saúde Varjão Unidade de Saúde Ipê Quinta-feira Unidade de Saúde Cruzeiro Unidade de Saúde São Jorge O que levar? Para ser vacinado, é preciso apresentar cartão do SUS, documento de identidade e comprovante de residência. Quem já recebeu a vacina precisa apresentar o cartão de vacinação. Menores de idade precisam estar acompanhado de um responsável. Clique aqui e siga o g1 no Instagram VÍDEOS: as notícias que foram ao ar na TV Rio Sul

Gestantes e puérperas também vão poder tomar a dose de reforço a partir desta segunda (25). Doses da vacina Pfizer/BioNTech Divulgação/Sesapi A segunda dose da vacina contra a Covid-19 foi antecipada para adolescentes com comorbidades, deficiência permanente, gestantes, puérperas e lactantes. Veja os locais de vacinação de cada grupo A aplicação vai começar a partir desta segunda-feira (25). Idosos de 69 e 68 anos também poderão receber a dose de reforço na próxima semana. Confira o novo cronograma: Dia 21, quinta-feira: segunda dose para pessoas de 36 anos. Só poderão tomar a segunda dose no dia 21 as pessoas de 36 anos cuja data do cartão de vacina esteja marcada para até 28 de outubro. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade, CPF e comprovante de residência em Belo Horizonte; Dia 22, sexta-feira: segunda dose para pessoas de 35 anos. Só poderão tomar a segunda dose no dia 22 as pessoas de 35 anos cuja data do cartão de vacina esteja marcada para até 29 de outubro. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade, CPF e comprovante de residência em Belo Horizonte; Dia 23, sábado: não haverá vacinação; Dia 25, segunda-feira: dose de reforço para idosos de 69 e 68 anos, cuja segunda dose tenha completado 6 meses ou que faltem até 15 dias para completar este prazo; segunda dose para adolescentes de 17 a 12 anos com comorbidades, deficiência permanente, gestantes, puérperas e lactantes. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade, CPF e comprovante de residência em Belo Horizonte. Para se imunizar, os adolescentes de 15 a 12 anos precisam estar acompanhados dos pais ou responsáveis legais. Já os jovens de 16 e 17 anos não precisam de acompanhante; Dia 26, terça-feira: segunda dose para pessoas de 34 anos. Só poderão tomar a segunda dose no dia 26 as pessoas de 34 anos cuja data do cartão de vacina esteja marcada para até 2 de novembro. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade, CPF e comprovante de residência em Belo Horizonte; Dia 27, quarta-feira: segunda dose para pessoas de 31 anos. Só poderão tomar a segunda dose no dia 27 as pessoas de 31 anos cuja data do cartão de vacina esteja marcada para até 3 de novembro. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade, CPF e comprovante de residência em Belo Horizonte; Dia 28, quinta-feira: repescagem de dose de reforço para idosos e trabalhadores da saúde já convocados, cuja segunda dose tenha completado 6 meses ou que faltem até 15 dias para completar este prazo; repescagem de dose adicional para pessoas com alto grau de imunossupressão já convocadas, cuja segunda dose tenha completado 28 dias; Dia 29, sexta-feira: dose de reforço para idosos de 89 anos e mais, cuja segunda dose tenha completado 6 meses ou que faltem até 15 dias para completar este prazo; segunda dose para pessoas de 30 anos. Só poderão tomar a segunda dose no dia 29 as pessoas de 30 anos cuja data do cartão de vacina esteja marcada para até 5 de novembro. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade, CPF e comprovante de residência em Belo Horizonte; Dia 30, sábado: não haverá vacinação; Idosos Para que idosos possam receber a dose de reforço é necessário ser residente de Belo Horizonte, apresentar o comprovante de endereço, cartão de vacinação, e também ter recebido a segunda dose no prazo de 6 meses ou faltando 15 dias para completar este prazo. As pessoas com menos de 89 anos que tomaram a AstraZeneca ainda não devem comparecer aos locais de vacinação e devem aguardar o intervalo para tomar a dose de reforço. Até o momento já foram convocadas para receber a dose de reforço idosos de 89 anos e mais, 88 a 86 anos e 81 a 68 anos. Segunda dose Para que os usuários possam tomar a segunda dose é necessário levar o cartão de vacina, documento de identidade, CPF e comprovante de residência em Belo Horizonte. No momento de completar o esquema vacinal, os adolescentes de 15 a 12 anos precisam estar acompanhados dos pais ou responsáveis legais. Já os jovens de 16 e 17 anos não precisam de acompanhante. Pessoas com alto grau de imunossupressão Para que as pessoas com alto grau de imunossupressão possam receber a dose adicional é necessário ter tomado a segunda dose há pelo menos 28 dias. Seguindo as orientações do Ministério da Saúde, estão elegíveis para a vacinação os usuários nas condições abaixo: Imunodeficiência primária grave; Quimioterapia para câncer; Transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras; Pessoas vivendo com HIV/Aids; Uso de corticoides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias; Uso de drogas modificadoras da resposta imune, como Metotrexato, Leflunomida, Micofenolato de mofetila, Azatiprina, Ciclofosfamida, Ciclosporina, Tacrolimus, 6-mercaptopurina, Biológicos em geral (infliximabe, etanercept, humira, adalimumabe, tocilizumabe, Canakinumabe, golimumabe, certolizumabe, abatacepte, Secukinumabe, ustekinumabe) Inibidores da JAK (Tofacitinibe, baracitinibe e Upadacitinibe) Auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias Pacientes em hemodiálise Pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas No momento da vacinação, o público precisa seguir as seguintes orientações: Apresentar exames, receitas, relatório médico e/ou prescrição médica emitidos em até 12 meses antes da data da convocação para a dose adicional devendo conter o número do registro do respectivo conselho de classe, de forma legível; Apresentar documento de identificação com foto e CPF; Apresentar comprovante de residência em Belo Horizonte; Não ter tido Covid-19 com início de sintomas nos últimos 30 dias. Além das orientações acima, é necessário que o público contemplado apresente um comprovante, podendo ser utilizado: laudos, declarações, prescrições médicas ou relatórios médicos (emitidos em até 12 meses antes da data da vacinação), assinado e carimbado, em versão original. Funcionamento dos locais de vacinação O horário de funcionamento dos locais de vacinação é de segunda a sexta-feira das 8h às 17h para pontos fixos e extras, e das 8h às 16h30 para pontos de drive-thru. Há também quatro pontos de vacinação com horário noturno, que funcionam de segunda a sexta-feira. Confira os horários e endereços: UFMG Campus Saúde (Escola de Enfermagem): avenida Professor Alfredo Balena, 190 - Santa Efigênia – Funcionamento das 12h às 20h; Faculdade Pitágoras: rua dos Timbiras, 1.375 - Funcionários – Funcionamento das 8h às 20h; UNA-BH: rua Aimorés, 1.451 - Lourdes – Funcionamento das 8h às 20h; Faminas-BH: avenida Cristiano Machado, 12.001 - Vila Clóris – Funcionamento das 8h às 20h. Veja os vídeos mais assistidos do g1 Minas

De acordo com gerente de educação de trânsito, transportar animais de grande porte dessa forma compromete segurança nas ruas. Autor do vídeo disse ter ficado assustado com situação. Morador filma cavalo sendo puxado por carro em Goiânia Um vídeo mostra um cavalo amarrado a uma corda e sendo puxado por ocupante de um carro pelas do setor Estrela Dalva, em Goiânia (veja acima). Segundo o autor das imagens, que não quis se identificar, o veículo seguia em baixa velocidade, mas a situação causou espanto. “Eu assustei. É uma imprudência. Ele poderia tropeçar, o carro poderia frear e ele se machucar”, disse o autor do vídeo. A situação aconteceu na sexta-feira (15). De acordo com o gerente de educação de trânsito da Secretaria Municipal de Mobilidade (SMM), Horácio Ferreira, transportar animais de grande porte dessa forma compromete a segurança nas ruas. “No código não tem uma especificidade para essa ação. Neste caso, ele deve ser abordado por conduzir veículo sem atenção ou comprometendo a segurança no trânsito”, explicou. O caso não foi registrado na Polícia Civil. Segundo o titular da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente, Luziano Carvalho, o ato não configura crime ambiental. "Não há classificação como crime, mas é recomendado eliminar essa prática", ponderou. LEIA TAMBÉM VÍDEO: PM ‘persegue’ cavalo em carroça que corria por ruas de Inhumas VÍDEO: Cavalo é puxado por ocupante de carro em movimento em Aparecida de Goiânia Morador filma cavalo sendo puxado por carro em Goiânia Reprodução/Arquivo Pessoal Veja outras notícias da região no G1 Goiás. * Thauany Melo é integrante do programa de estágio entre TV Anhanguera e Universidade Federal de Goiás, sob orientação de Elisângela Nascimento. VÍDEOS: últimas notícias de Goiás

Médicos afirmam que humorista deve ser submetido a um procedimento de cateterismo na noite desta quarta (20). O humorista Carlos Alberto de Nóbrega, de 85 anos, em São Paulo (SP) Reprodução/Instagram/Calbertonobrega O humorista Carlos Alberto de Nóbrega, de 85 anos, foi internado nesta terça-feira (19) no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, por conta de uma arritmia leve. Ele deve ser submetido a um procedimento de cateterismo na noite desta quarta (20). Segundo a assessoria de imprensa do SBT, o humorista está bem e deve voltar ao trabalho já na próxima segunda-feira (25). Internação por Covid Em março deste ano, o humorista teve alta do hospital após passar dez dias internado com Covid-19. Após a alta, em 2 de março, o apresentador do programa "A Praça é Nossa", do SBT, publicou uma foto nas redes sociais agradecendo a equipe médica pelos cuidados e também a Deus pela cura da doença. “Nós vencemos. Vencemos porque vocês oraram muito por mim. Pelas centenas de mensagens de amigos, por ter uma equipe médica que cuidou de mim com muito amor. Essa equipe de enfermagem que mais cuidou com muito amor . Obrigado meus velhos amigos e doutores David Uip e Roberto Kalil. E agradecer finalmente mais uma vez a Deus. E minha família. Bendito aquele que tem vocês. Minha esposa Renata, meus filhos e netos! Estou de volta!!!!”, afirmou Nóbrega. O apresentador Carlos Alberto de Nóbrega publica foto nas redes sociais anunciando a cura da Covid-19. Reprodução/Redes Sociais O apresentador do SBT foi hospitalizado em 20 de fevereiro ao lado da esposa, Renata Domingues de Nóbrega, que também contraiu a doença e anunciou nas redes sociais que está igualmente curada. Renata teve alta do hospital um dia antes do marido e também usou as redes sociais para agradecer a volta para casa do esposo humorista: "Obrigadaaaaaa meu Deus ... ♥️♥️♥️♥️♥️ @calbertonobrega de volta !", disse a médica. Vídeos: Tudo sobre São Paulo e região Metropolitana

Podem receber a vacina, pessoas imunizadas com a segunda dose há no mínimo seis meses. Reforço da vacina contra a Covid-19 está disponível para idosos nas Unidades Básicas de Petrolina Divulgação Prefeitura Municipal de Petrolina Nesta quarta-feira (20), a Secretaria de Saúde de Petrolina, no Sertão Pernambucano, anunciou que a dose reforço da vacina contra a Covid-19 está disponível nas Unidades Básicas de Saúde para o público a partir de 60 anos. Podem receber a vacina, pessoas imunizadas com a segunda dose há no mínimo seis meses. Além dos idosos, a dose de reforço está disponível para profissionais da saúde e pessoas que são imunossuprimidas graves. Para ter acesso ao imunizante, é necessário procurar o Agente Comunitário de Saúde ou a própria equipe da unidade para realizar agendamento da vacina. Além disso, é preciso realizar agendamento na plataforma virtual. As Unidades Básicas de Saúde funcionam em dois turnos, manhã e tarde na área urbana e das 8h às 13h na zona rural. Vídeos: mais assistidos do Sertão de PE

Colisão aconteceu no dia 11 de outubro e deixou outras 10 pessoas feridas. Acidente entre caminhão e perua Kombi deixa 11 pessoas feridas em Ibaté Divulgação/Corpo de Bombeiros Morreu nesta quarta-feira (20) um homem de 42 anos que ficou ferido no acidente entre uma perua Kombi e um caminhão com pisos, no dia 11 de outubro, em Ibaté (SP). Josafa Barbosa do Nascimento estava internado em estado grave na Santa Casa de São Carlos. Outras 10 pessoas ficaram feridas no acidente na Rodovia Washington Luís (SP-310). Não há informações sobre velório e enterro do homem. Acidente Acidente entre caminhão e perua Kombi deixa 10 pessoas feridas em Ibaté Divulgação/Corpo de Bombeiros Segundo a concessionária Triângulo do Sol, o caminhão bateu atrás da kombi que capotou com o impacto. As causas do acidente serão apuradas. Com o impacto da batida, a perua Kombi capotou no canteiro central e o caminhão atravessou a pista e capotou na faixa contrária. O motorista do caminhão e o passageiro não tiveram ferimentos. Veja mais notícias da região no g1 São Carlos e Araraquara.

Polícia encontrou 125 gramas de maconha com o suspeito. Adolescente é apreendido com 125g de maconha na avenida Independência, em Ananindeua Polícia Militar do Pará Um adolescente foi apreendido, nesta terça-feira (19), pelo crime de tráfico de drogas, em Ananindeua, região metropolitana de Belém. De acordo com a Polícia Militar, uma equipe realizava rondas pela avenida Independência quando abordou um homem com atitude suspeita. Durante a abordagem, os policiais identificaram o suspeito com um adolescente. Na revista, os agentes encontraram 125 grama de maconha com ele. O adolescente e o material entorpecente foram apresentados na delegacia para os procedimentos legais cabíveis.
Novo valor do Auxílio Brasil foi anunciado nesta quarta, mas aumento fora do teto causou divergências no governo. Guedes diz que opções são rever regra ou criar exceção para programa. O ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou nesta quarta-feira (20) que o governo pagará R$ 400 de Auxílio Brasil até dezembro de 2022 – mas disse que ainda estuda a forma de alterar o teto de gastos para pagar o benefício. "Estamos passando de 14 milhões para 17 milhões de famílias e ao mesmo tempo indo para R$ 400. Nenhuma família vai receber menos que os R$ 400", afirmou Guedes durante evento promovido pela Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc). "É um enorme esforço fiscal, e o que nós temos discutido aqui é como é que nós podemos fazer isso dentro de toda a estrutura fiscal que nós temos hoje", ponderou. O programa, que vai substituir o Bolsa Família e o Auxílio Emergencial, começa a ser pago em novembro, conforme já tinha anunciado mais cedo o ministro da Cidadania, João Roma. Ministro da Cidadania diz que auxílio emergencial acaba em outubro Teto de gastos Segundo Guedes, há duas alternativas em estudo para viabilizar o pagamento do benefício: rever o teto de gastos, acabando com o descasamento existente entre as correções do teto e das despesas obrigatórias. Com isso, o governo poderia abrir espaço fiscal no Orçamento de 2022. excepcionalizar a parcela do auxílio que não cabe no teto, ou seja, deixar esse montante fora da regra fiscal. Essa licença para "furar" o teto seria limitada a pouco mais de R$ 30 bilhões em 2022, segundo o ministro. "Estávamos estudando se faríamos uma sincronização de despesas, que são salários que seguem um índice e o teto de gastos que segue outro índice, estávamos estudando se faríamos uma sincronização dessas despesas, isso seria uma antecipação da revisão do teto de gastos, que está par 2026, ou se ao contrário, mantém, mas por outro lado pede um 'waiver', uma licença para gastar com essa camada temporária de proteção", disse Guedes. "Como queremos aumentar essa camada de proteção, pediríamos que isso viesse um pouco como 'waiver' para atenuar impacto socioeconômico da pandemia. Estamos ainda finalizando, vendo se conseguimos compatibilizar isso, mas o importante é que o déficit continua caindo", completou. Valdo: Auxílio-Brasil é uma ‘pegadinha’ e governo irá furar teto de gastos O ministro ressaltou, ainda, que a decisão sobre como alterar o teto será política. "Qualquer que seja a solução, é uma solução política. Do ponto de vista técnico, nós oferecemos a nossa contribuição que é Precatórios mais IR, que é o bolsa de R$ 300, dentro do teto, dentro da Lei de Responsabilidade Fiscal. Essa é a resposta técnica ao desafio, mas quem tem voto é a política. E não vai ser nem a primeira nem a última vez que a Economia é só um olhar técnico dentro de um cenário um pouco mais amplo", disse Paulo Guedes. Reforma do IR Ainda no evento, Guedes lamentou o fato de o Senado ainda não ter votado a reforma do Imposto de Renda. O texto cria uma tributação sobre dividendos, e o governo pretendia usar essa arrecadação para financiar o novo programa social. "Não tem fonte para que seja permanente [os R$ 400], então uma parte é permanente [reajuste de 20% em relação aos valores pagos atualmente no Bolsa Família], outra parte é transitória [o que restar para chegar nos R$ 400]. Estávamos contando com o Imposto de Renda, não progrediu no Senado, ficamos sem fonte", afirmou o ministro. Inflação O ministro disse que a alta da inflação justifica um auxílio de R$ 400, ao invés dos R$ 300 pensados anteriormente. "Agora, percebendo esse impacto que está acontecendo no mundo inteiro [inflação], comida e energia subindo no mundo inteiro, estamos lançando então essa fonte transitória até o final do ano que vem para que nos ajude então para que todas as famílias tenham a proteção dos 400 reais", relatou Guedes. O ministro negou que a medida seja populista. "Somos um governo reformista e popular, e não um governo populista." Por fim, ressaltou que o importante é que o mais frágeis estarão protegidos e que a trajetória de consolidação fiscal continua, com o governo seguindo lutando pelas reformas estruturantes.

Proposta de que até 17% do imposto sejam distribuídos de acordo com parâmetros de ensino foi apresentada nesta quarta (20). Cálculo consideraria qualidade e evolução na área. Apresentação do projeto de ICMS na Educação Gustavo Mansur/ Palácio Piratini O governo do estado apresentou, na tarde desta quarta-feira (20), uma proposta de alteração da repartição do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) com os municípios gaúchos. Com o novo projeto, o desempenho na educação seria incorporado ao cálculo de divisão do montante repassado às prefeituras. Atualmente, de tudo que é arrecadado em ICMS pelo estado, 75% ficam com o governo estadual e 25% vão para os municípios. Deste percentual, 3/4 são o valor adicionado fiscal, ou seja, aquilo que se movimentou na economia, e 1/4 segue outros critérios, desde propriedades rurais até o tamanho do município. No entanto, com a Emenda Constitucional 108, de 2020, as regras do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) foram alteradas, e o percentual baixa para 65% a partir de 2024. O que o governo do estado pretende fazer é incluir critérios referentes ao ensino dentro dos 35% restantes, que podem chegar a até 17% no Rio Grande do Sul. "Como o critério vai contemplar a evolução, não tem como fazer uma simulação assertiva, porque não temos provas do estado para avaliar e demonstrar claramente os efeitos para os municípios. A gente faz estimativas de impactos e conseguimos construir com eles [os municípios] de que é positivo e importante que a educação entre como um critério", diz o governador Eduardo Leite, que pretende encaminhar o projeto para ser votado este ano na Assembleia Legislativa. Governo anuncia investimento de R$ 1,2 bilhão para contratação de professores e obras em escolas Entenda o cálculo No cálculo da divisão do ICMS será introduzido um coeficiente que considera a qualidade da educação e a sua evolução ao longo do tempo, considerando também o tamanho da população, a quantidade de alunos em situação de vulnerabilidade e o número de alunos da rede municipal. Em um dos índices, a avaliação ocorreria nos anos 2º (40%), 5º (35%) e 9º (15%) do ensino fundamental e incluiria como fator a taxa de aprovação de todos os anos do ensino fundamental (10%). Em outro, seria correlacionado o porte populacional dos municípios e dados incentivos para municípios pequenos e grandes para reduzir o abandono escolar, entre outros dados. Para a secretária estadual da Educação, Raquel Teixeira, a medida por si estimula as prefeituras a apostarem na qualificação da área. "Começa na escolha de um secretário da educação técnico, que entenda da área, que faça investimentos nos dados, na pesquisa, na ciência, na formação dos professores. Temos que atualizar e modernizar nossa forma de fazer a educação e isso vai ser um incentivo para os prefeitos fazerem esse aprimoramento", destaca. Eduardo Leite e a secretária da Educação, Raquel Teixeira, na apresentação do projeto de ICMS na Educação Gustavo Mansur/ Palácio Piratini Aprovação ainda em 2021 O governo pretende aprovar o projeto de lei sobre o assunto ainda em 2021 para poder aplicar as provas do Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar (SAERS) no 2o semestre de 2022. Os resultados seriam divulgados em fevereiro de 2023 e, em março, publicada a taxa de aprovação e matrículas. Com isso, em meados daquele ano poderiam ser feitos os cálculos e a divulgação dos parâmetros para a distribuição já no novo formato para 2024. Palácio Piratini, sede do governo do RS, em Porto Alegre Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini Vídeos: Tudo sobre o RS

Macicley Ferreira está sumido deste a noite de segunda (18) e a última localização dele foi registrada no bairro Vila Acre, no Segundo Distrito de Rio Branco. Macicley Ferreira está sumido deste a noite de segunda (18) em Rio Branco Arquivo pessoal A família do motorista de aplicativo Macicley Ferreira, de 23 anos, procura por notícias sobre o paradeiro dele. O rapaz está sumido deste a noite de segunda (18) e a última localização dele foi registrada no bairro Vila Acre, no Segundo Distrito de Rio Branco. Desde então, o celular do motorista está desligado e ele não deu notícias para a família. Preocupada, a mãe de Ferreira, a professora Marlene da Silva, disse que estão fazendo buscas por conta própria nos locais onde ele teria passado, mas até agora não tiveram nenhuma notícia. Um boletim de ocorrência foi registrado pela família na Delegacia de Flagrantes de Rio Branco (Defla). “Ele nunca ficou sem dar notícias para a gente assim e ele tem uma filha de dois anos. Eu acredito que ele foi pego, jogaram ele em algum lugar e pegaram o carro para vender, não sei, já são quase 48 horas. Meu pensamento é esse. O coração está apertado e estou orando a Deus que ele esteja vivo”, disse a mãe. Grupo de motoristas de aplicativo se reuniu nesta quarta (20) para procurar pelo colega em Rio Branco Arquivo pessoal Um grupo de motoristas de aplicativo se reuniu na tarde desta quarta-feira (20) para procurar pelo colega. Segundo a motorista Diva Gadelha, eles vão se dividir em três equipes para ir em ramais na região do bairro Vila Acre em busca do rapaz. “Estamos nos mobilizando aqui para já começar as buscas. Nós vamos nos ramais Galiléia, Bom Jesus e Garapeira”, disse a motorista. Outro caso recente Na semana passada, um motorista de aplicativo foi sequestrado e mantido refém enquanto os criminosos tentavam passar com o carro dele para a fronteira. Dois dos sequestradores morreram em confronto com a polícia, na BR-317, próximo ao seringal Cachoeira, em Xapuri, no interior do Acre. O grupo de quatro pessoas sequestrou o motorista em Rio Branco, na noite de terça-feira (12), e seguia com ele em direção à fronteira, quando foi abordado em uma barreira do Grupo Especial de Fronteiras (Gefron). Na época, o comandante do Gefron, coronel Antônio Teles, disse que o motorista foi acionado por volta das 22h30 e quando as pessoas embarcaram na frente do posto de saúde, levaram a vítima para dentro do Taquari, a agrediram e a levaram para dentro de um ramal. No local, o rapaz foi amordaçado e colocado no porta-malas e os criminosos foram em direção à fronteira. Após a interceptação do veículo, foi feito o resgate da vítima, recuperação do carro e, após troca de tiros, dois suspeitos foram mortos. Reveja todos os telejornais do Acre

Investigação da DIG de Botucatu gerou mandados de prisão que foram cumpridos em São Carlos, cidade onde moravam os suspeitos; todos foram levados ao CDP de Itatinga. Na ação, homem de 65 anos foi deixado de cuecas em rodovia. Caso do idoso em Botucatu foi revirada e criminosos levaram também objetos pessoais da vítima Polícia Civil/Divulgação Três homens suspeitos de invadir uma casa em Botucatu (SP) no último dia 13 de setembro para render e obrigar um idoso a de 65 anos a fazer transferências via PIX de R$ 25 mil foram presos nesta terça-feira (19) após investigação da Polícia Civil da cidade. A prisão foi feita em São Carlos, onde moravam os suspeitos, através de mandados concedidos pela Justiça em face dos trabalhos da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Botucatu. Segundo a DIG, um dos criminosos foi identificado através de impressão digital coletada no local do crime. Ainda segundo a polícia, todos teriam confessado a participação no roubo. Um dos suspeitos era foragido da Justiça, respondendo por homicídio. Na ocasião do crime, além da transferência de R$ 25 mil, o idoso também teve objetos roubados, como relógios e joias, um instrumento musical e o telefone celular. A vítima ainda foi encapuzada e levada dentro do próprio veículo por pelo menos uma hora até ser abandonada somente de cuecas às margens da Rodovia Marechal Rondon. O idoso teve auxílio de um caminhoneiro, que o levou até a cidade de São Manuel e disponibilizou um telefone para ligar para sua esposa. Após a prisão em São Carlos, os três criminosos foram levados para Botucatu e na sequência encaminhados para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Itatinga, onde ficaram à disposição da Justiça. VÍDEOS: assista às reportagens da região Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília.